Connect with us

Economia

Ex-presidente do BESA com fortuna avaliada em 885 milhões de euros

Published

on

Álvaro Sobrinho poderá ter uma fortuna no valor de 885 milhões de euros, segundo relatório de revisão de investimento do Deutsche Bank no Reino Unido, que indica que o ex-presidente do antigo Banco Espírito Santo Angola (BESA) terá a sua riqueza repartida entre dinheiro, depósitos bancários, imóveis e outros activos dispersos por vários países.

A informação avançada pelo jornal português Correio da Manhã aponta ainda que cerca de 353 milhões de euros terão sido transferidos do BESA para contas ligadas ao empresário luso-angolano.

Tais transacções teriam ocorrido entre 2007 e final de 2012, período em que esteve à frente do banco angolano. Terão sido feitas para as contas de 26 sociedades das quais 16 eram offshores no Panamá, Ilhas Virgens Britânicas e Seychelles.

Acusado pelo Ministério Público português no verão de 2021, o relatório de revisão de investimento do Deutsche Bank faz parte dos autos do processo n.º 244/11, no qual Álvaro Sobrinho foi um dos ex-administradores do BESA.

O processo indica ainda que o luso-angolano terá tido na Suíça, em contas de sociedades offshore, mais de 260 milhões de euros, dos quais investiu no Sporting 15 milhões de euros. Também comprou imóveis num valor total superior a 12 milhões de euros, denuncia a publicação.

Colunistas