Connect with us

Justiça

Ex-governador do Cunene constituído arguido por má gestão de fundos destinadas a acudir a seca

Published

on

O ex-governadordo Cunene, Vigílio Tyova, foi notificado e é ouvido hoje pela Procuradoria-Geral da República (PGR), na sequência de acusações de gestão incorrecta de fundos que deveriam favorecer a população afectada pela seca naquela província.

Segundo o Jornal de Angola, que cita uma fonte da PGR, Vigílio Tyova foi notificado da sua constituição como arguido, embora não tenha sido ainda interrogado.

Ouvido por aquele Jornal para confirmar a notícia avançada pela PGR, Tyova disse que não tinha sido constituído arguido, mas adiantou que seria ouvido hoje pela Procuradoria.

Informações em posse do Correio da Kianda, dão conta de que, o problema da suposta gestão danosa envolvendo o ex-governador do Cunene e seus colaboradores foi inicialmente descoberto em Maio do ano passado, quando o ex-ministro das Finanças, Archer Mangueira, deslocou-se à província para proceder à avaliação financeira do Plano de Emergência para acudir a situação da seca naquela província.

Virgílio Tyova, foi substituído recentemente no cargo pelo jurista Sérgio Leonardo Vaz.