Connect with us

Economia

Europa importa mais de 20 mil litros de caporroto do Cuanza Norte

Published

on

A França e Portugal são os principais destinos da bebida africana, mais conhecida como capuca ou água do chefe, produzida no Cuanza Norte.

Por isso, uma empresa do ramo de agro-pecuária naquela região do país prevê exportar este ano, cerca de 20 mil garrafas de caporroto ou capuca’ para Portugal e França, com o lançamento da primeira linha de enchimento deste aguardente.

Trata-se da primeira unidade fabril do género em Angola, lançada recentemente na província do Cuanza Norte, que vai engarrafar essa bebida, feita essencialmente à base de mandioca, cana-de-açúcar e banana, de formal industrial.

Segundo fez saber o director-geral da empresa, António Chaves, nessa fase, a fábrica tem capacidade para produzir 100 mil garrafas, por ano, prevendo-se aumentar a produção para quinhentas mil, em 2025.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *