Connect with us

Sociedade

Estudante angolano encontrado morto no Brasil

Published

on

Um jovem estudante angolano, chamado Sandro Paxe, foi encontrado morto na sua casa, no estado do Ceará, Brasil, neste sábado, 13, soube o Correio da Kianda de fonte próxima ao jovem.

A morte do estudante surpreendeu a comunidade angolana naquele país sul-americano. Em conversa com colegas de Sandro, os mesmos alegam que, até o momento, não sabem ao certo o que ocorreu.

“Uns estão dizendo que talvez tenha sido envenenado, outros que se trata de suicídio e uns afirmam que é mesmo homicídio”, disse um colega do estudante, que optou por não se identificar, em declarações ao Correio da Kianda.

O Correio da Kianda soube ainda que o caso está a ser investigado pela Polícia Federal brasileira e também acompanhado pela Associação de Estudantes Angolanos no Ceará.

Sandro cursava engenharia de energia, na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (UNILAB), e estava naquele estado brasileiro, desde 2014. A nossa fonte destacou ainda que não notou qualquer sinal diferente na postura do estudante, nos últimos dias.

 “Era uma pessoa muito alegre, simpático, conhecido por todos não, mas por muitos, porque ele havia se mudado para outro município, então não tinha mais muito contacto com a comunidade angolana em geral”, descreveu-nos por mensagem.

O Correio da Kianda apurou ainda que Sandro Paxe é familiar próximo ao professor angolano Isaac Paxe.

Colunistas