Connect with us

Economia

Estados Unidos empenhado em aumentar exportações de Angola

Published

on

Os Estados Unidos da América estão empenhados em melhorar o volume de trocas comerciais com Angola, com o envio esta quinta-feira, 21, de diversas mercadorias mistas, que partiram de Luanda com destino àquele país do continente americano.

Trata-se dos primeiros produtos alimentares mistos, saídos da capital angolana no quadro da Lei Norte-Americana sobre Crescimento e Oportunidade para África (AGOA), numa iniciativa da empresa Foodcare Lda.

“O comércio entre Angola e os Estados Unidos tem desempenhado historicamente um papel significativo em ambas as economias com as exportações dos EUA para Angola e vive-versa. Contudo, o valor das exportações Angolanas de produtos agrícolas para os Estados Unidos permanece baixo”, refere a embaixada em nota publicada sobre a cerimónia de envio.

Por esta razão, compromete-se a continuar a promover a diversificação económica através do comércio e do desenvolvimento do sector do agro-negócio, apoiando simultaneamente as empresas Angolanas para atingirem padrões mais elevados e a consistência necessária com o intuito de exportar com sucesso para os Estados Unidos da América.

O acto de envio dos bens alimentares, aos Estados Unidos da América visa, de acordo com a Embaixada, reforçar o compromisso com o povo Angolano, inaugurando a exportação pela empresa Foodcare Lda dos primeiros produtos alimentares mistos para os Estados Unidos da América através da Lei Norte-Americana sobre Crescimento e Oportunidade para África (AGOA).

A referida acção contou com o apoio do Programa de Comércio e Investimento na África Austral, financiado pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID). Com esta parceria, alarga-se a oportunidade para a criação de novos postos de trabalho para os Angolanos.