Connect with us

Sociedade

Estado Emergência deixa cidade do Kilamba vazia

Published

on

O primeiro dia do estado de emergência decretado em Angola é assinalado na centralidade do Kilamba com “fraca movimentação de pessoas”.

Quarentena domiciliar, é o que mais se verifica na centralidade do Kilamba. Na manhã desta sexta-feira, nas primeiras horas do dia em que começou a vigorar o Estado de Emergencia no País, uma equipa de Reportagem do Correio da Kianda, deslocou-se a Centralidade do Kilamba para radiografar o movimento de pessoas. E da fotografia feita, as ruas do Kilamba, estão quase todas elas vazias.

A maior centralidade do País, onde em tempos normais é cheia de actividades, e conhecida por seus bares lotados de pessoas, registou no primeiro dia do estado de emergência, o encerramento de Bares e lojas , e ruas “desertas”, apesar, de alguns moradores em alguns quarteirões, estarem a realizar exercicios fisicos.

Em três estabelecimentos locais, nos quarteirões radiografados pelo Correio da Kianda, cartazes com escritas “fechado por responsabilidade social” foram vistos.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *