Connect with us

Sociedade

Esquema de corrupção de um milhão de dólares na EPAL detectado pela IGAE

Published

on

Um grupo de funcionários da EPAL terá desviado mais de um milhão de dólares, montante que serviu para comprar 18 residências em dois condomínios no município de Talatona e oito viaturas modelo Land Cruiser.

O esquema de corrupção foi detectado pela Inspecção Geral da Administração do Estado (IGAE). Segundo informou o director de Denúncias, Queixas e Reclamações da IGAE, Frederico Jamba, citado pela Rádio Nacional, entre os funcionários acusados estão os antigos presidentes do Conselho de Administração da EPAL, no âmbito das sete mil ligações domiciliares.

Os altos funcionários da EPAL, escreve o Jornal de Angola, na sua edição de hoje, 21 de Dezembro, alega-se também que terão se beneficiado de mais de 20 milhões de dólares no esquema de corrupção, sendo que outros valores monetários foram transferidos para contas bancárias de empresas de prestação de serviços.