Connect with us

Sociedade

Escolta do Ministro do Interior condenado a um ano e oito meses de prisão

Published

on

O Tribunal Provincial de Luanda condenou na passada quinta-feira, o cidadão João Armando “JoJó”, a um ano e oito meses de prisão por abuso de autoridade e ofensas.

João Armando “JoJó” que e até passado mês de novembro era escolta do Ministro do Interior, Angelo Tavares, protagonizou naltura uma ação de conduta indecorosa, na via pública em Luanda, contra os agentes reguladores de trânsito e da ordem pública, tendo na altura se aproveitado da ausência do Ministro, que se encontrava no exterior do País, para usar da influência e estatuto que tinha, humilhar outros agentes da Polícia, que se encontravam no seu pleno exercício de trabalho.

O escolta que chegou mesmo a manipular a arma, ameaçando agentes da ordem, foi posteriormente mobilizado por outros agentes da Ordem pública, que se encontravam no local, que intervieram, e lhe retiraram a arma que se encontrava em sua posse.

O excesso de abuso de Poder muitas das vezes com recurso de arma de fogo por parte de alguns agentes da Polícia, tem sido recorrente em Luanda, e tem sido reclamado por vários cidadãos.

Recentemente, o Comandante Geral da Polícia, prometeu um combate cerrado á aquilo que chamou de batatas podres no seio da corporação.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *