Connect with us

Economia

Energia: Cinco novos parques solares entram em funcionamento em breve

Published

on

Cinco novos parques solares vão entrar em funcionamento em breve, em igual numero de provincia, depois das outros dois hoje inaugurados na provincia d Benguela pelo Presidente da República, João João Lourenço, para totalizar sete parques foto-voltaicos no país.

O objectivo, segundo o ministro da Energia e Águas, é continuar a reforçar a componente de energias renováveis no país e ajudar a colmatar as necessidades de maior procura no sector da electricidade.

Ao todo, Angola terá sete centrais solares fotovoltaicas, incluindo os parques nos municípios de Saurimo (Lunda Sul), Lucapa (Lunda Norte), Luena (Moxico), Bailundo (Huambo) e Cuito (Bié), o que implicará a instalação de um milhão de painéis solares, perfazendo 370 Megawatts.

Orçado em 523 milhões de euros, o projecto é desenvolvido pelo grupo MCA e a Sun Africa, desde a componente tecnológica à financeira, passando pela certificação internacional, dado que as energias renováveis têm vindo a ser uma forte aposta por vários países africanos, incluindo Angola, embora ainda longe de aproveitar o seu potencial nesse domínio.

A materialização desse investimento, assegurado pela Agência de Promoção de Exportações da Suécia (SEK), vai contribuir para o abastecimento de electricidade para 2,4 milhões de pessoas, sobretudo em áreas com carências de infra-estruturas de acesso à rede pública.

O ministro João Baptista Borges, que falava à Imprensa, a Margem do acto de inaguraçâo da central fotovoltaica do Biopio, em Benguela, reiterou o compromisso do governo numa matriz com 72 por cento de energia limpa e com zero emissões de carbono, como forma de substituir a produção de energia a partir de centrais térmicas, em muitas partes do país, à base de geradores.