Connect with us

Politica

Encontro de João Lourenço e Biden trará benefícios para Angola, diz UNITA

Published

on

O Presidente da República, João Lourenço, deixou na manhã de hoje, Luanda, com destino à capital dos Estados Unidos da América, onde vai manter um encontro amanhã com o presidente Joe Biden.

O encontro vai acontecer nesta quinta-feira, no Salão Oval do edifício-sede do poder Executivo norte-americano, avança a Presidência da República, segundo fez saber na nota que o Correio da Kianda teve acesso.

A UNITA considera a deslocação do presidente João Lourenço aos Estados Unidos de América de grande valia para Angola e as vizinhas repúblicas da Zâmbia, República Democrática do Congo e Tanzânia, tendo em conta o impacto do Corredor do Lobito, segundo o porta-voz do Galo Negro, Marcial Ndachala.

Por seu turno, o especialista em Relações Internacionais, Horácio Nsimba, considera o encontro entre João Lourenço e Joe Biden é momento mais alto em que o nome de Angola “estará na boca do mundo”, e, tem efeitos positivos junto dos credores.

Entretanto, Horácio Nsimba adverte que o encontro não significa a resolução dos problemas dos angolanos, “a corrupção e a má governação continuarão a ser as principais barreiras dos investidores americanos em Angola”, disse.

E, o Embaixador dos EUA em Angola, Tulinabo Mushingi, disse estar ansioso em começar a trabalhar já nos resultados das decisões a sair do encontro entre os presidentes João Lourenço e Joe Biden.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.

Colunistas