Connect with us

Sociedade

Encerradas 30 igrejas e seitas religiosas ilegais na Lunda Sul

Published

on

Foram encerradas esta segunda-feira, 13, pelo Ministério da Cultura na Lunda Sul, cerca de 30 igrejas e seitas religiosas que exerciam as actividades de forma ilegal.

Segundo dados do Departamento para os Assuntos Religiosos, no município de Saurimo funcionam 102 igrejas e seitas, 14 das quais são ilegais.

De acordo com o director provincial da Cultura, Juventude e Desporto na Lunda Sul, Nelson Muiuca, os responsáveis das igrejas e seitas implicadas já haviam sido sensibilizados, mas alguns líderes religiosos recusaram-se em cumprir com o normativo do Governo local.

Nelson Muiuca avança, por outro lado, que o encerramento definitivo destas igrejas e seitas resulta de uma orientação do Governo, com objectivo de proteger as pessoas contra o vandalismo crescente e actos conexos que comprometem o conforto e a segurança das populações.

O responsável pediu a população em geral, maior vigilância para impedir que os representantes das igrejas visadas retomem os cultos.