Connect with us

Sociedade

Empresas no Uíge com dívidas de 500 milhões de kwanzas ao INSS

Published

on

Foi detectado na província do Uíge uma dívida de 500 milhões de kwanzas de empresas que furtam-se em depositar o dinheiro das contribuições dos seus trabalhadores ao INSS.

Segundo o chefe de secção de segurança social e inspecção nas terras do bago vermelho, Jorge Moco, que avançou o montante da dívida, se a dívida for maior, a empresa pode observar um acordo, que de forma parcelada, pode pagar, enquanto que, “as que têm já o dinheiro disponível podem pagar de uma vez” destacando preocupação com boa parte das empresas privadas locais, com dívidas ao INSS, mas que actualmente, encontram-se fechadas.

Ainda sobre as empresas que não depositam o dinheiro das contribuições dos seus trabalhadores ao INSS, conforme noticiado pelo Correio da Kianda, a Ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social,  considerou nesta quarta-feira, 13,  em Luanda, durante o acto de lançamento  do Projecto “Expansão da Segurança Social” como sendo criminoso e de burla, referindo-se  as entidades empregadoras, que descontam os seus trabalhadores,  mas que não efectuam o registo dos mesmos, no Instituto Nacional de Segurança Social.

Segundo a governante, o Governo tem intensificado esforços para a melhoria da proteção social obrigatória, bem como da inclusão daqueles que se encontram em situações mais carenciados, com a implementação de regime jurídico  que os possa acolher.

Ressaltou Teresa Rodrigues Dias, no seu discurso, que o desafio, passa pela monitorização dos empregadores,  que descontam nos ordenados dos seus funcionários ,  mas que não os registam no Instituto Nacional de Segurança Social.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *