Connect with us

Sociedade

Elisal perde 15 milhões de kwanzas por mês com vandalização de contentores

Published

on

A Elisal perde cerca de cem contentores por mês, devido à vandalização dos meios, numa despesa mensal de aproximadamente 15 milhões de kwanzas, informou o Presidente do Conselho de Administração da empresa de limpeza urbana, Gonçalves Imperial.

Dentre as vandalizações, a retirada de rodas, queima e roubo de contentores, tem sido recorrentes, disse o PCA da empresa que opera nos municípios de Luanda, Cazenga, Cacuaco, Talatona, Kilamba Kiaxi, Icolo e Bengo e Quiçama, atendendo uma população estimada em mais de seis milhões de habitantes.

Informou ainda que a Elisal tem cem compactadoras novas e cerca de 120 equipamentos dos mais variados serviços a rolar diariamente nas zonas sob a sua jurisdição, “com uma reserva para que não haja rotura técnica”.

Dificuldades

Dentre as dificuldades apontadas pelo gestor para limpeza urbana da cidade capital, estão a venda desordenada em vários pontos da capital, ao que aconselha aos munícipes que “depositem os resíduos sólidos nas horas estabelecidas, conservem os bens da Elisal e combatam o lixo na comunidade”.

Garantiu ainda que a empresa tem prontidão total com equipamentos e homens durante a quadra festiva para garantir a limpeza dos resíduos sólidos em toda a província de Luanda.

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.