Connect with us

eleições

Eleições em Angola 2022: Consultora Eurasia considera vitória estreita do MPLA

Published

on

Consultora Eurasia considera que o MPLA vai vencer as eleições de agosto em Angola, mas pela margem mais pequena de sempre, levando João Lourenço a ter de apostar na melhoria das condições sociais dos angolanos.

“As eleições de 2022 vão provavelmente ser as mais disputadas desde que o país se tornou independente, devido aos danos reputacionais ao Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), bem como à periclitante campanha anticorrupção e ao progresso lento das reformas lançadas por João Lourenço”, escrevem os analistas da consultora Eurasia.

Numa análise sobre as eleicões em Angola,  a diretora do departamento africano da Eurasia, Shridaran Pillay, e a investigadora Jeanne Ramier escrevem que, “se for eleito”, concluem, “João Lourenço terá provavelmente de aumentar o foco na melhoria das condicões sociais, especialmente se o resultado for dececionante na eleição, ao mesmo tempo que terá de manter os compromissos assumidos com o Fundo Monetário Internacional, como remover os subsídios”.

Na análise às eleições, as investigadores escrevem que “o apelo do partido no poder, largamente alicerçado no papel histórico da luta de libertação e da guerra civil, está a desvanecer-se, já que os eleitores mais jovens, que não viveram a guerra e são indiferentes a esta narrativa, estão mais preocupados com a educação, o desemprego, a falta de oportunidades económicas e os cuidados de saúde”.

Colunistas