Connect with us

Economia

Economista considera que a facilitação de vistos não é condição suficiente para atrair investimento estrangeiro

Published

on

Entra em vigor nesta sexta-feira, 30, o regime de isenção e simplificação para a concessão do visto de turismo determinado por decreto presidencial.

Angola passa assim a isentar de vistos de turismo de cidadãos de 61 países, para permanência de até 30 dias, por entrada, e 90 dias por ano, com base no “princípio de reciprocidade diplomática”.

Entretanto, o economista José Matuta Cuato considera que a facilitação de vistos não é condição suficiente para atrair investimento estrangeiro.

Cuato defende que o país deve acabar com a corrupção, com a desburocratização da máquina do Estado e fazer surgir uma banca eficiente.

Além dos países da União Europeia, a isenção de vistos aplica-se a cidadãos do Botsuana, Ilhas Maurícias, Ilhas Seicheles, Zimbabwe, em África e Singapura na, (Ásia), que se juntam a outros países, como a Namíbia, África do Sul e Moçambique.

 

(Com VOA)

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *