Connect with us

Mundo

É o fim da era Castro. Novo Presidente de Cuba é hoje proclamado

O nome do novo Presidente de Cuba, que sucederá a Raúl Castro, será hoje proclamado, após votação realizada na quarta-feira na Assembleia Nacional do Poder Popular.

Published

on

provável sucessor do mais novo dos irmãos Castro, que aos 86 anos abandona o cargo após dois mandatos, será o actual vice-Presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, de 57 anos, único candidato proposto pela Comissão de Candidaturas Nacional (CCN) para encabeçar o órgão máximo de governação do país, o Conselho de Estado.

Ao reunir-se na quarta-feira para uma sessão de dois dias destinada a submeter a votação o nome do candidato apresentado e a nomear o novo Presidente da ilha caribenha, o parlamento cubano iniciou uma transição histórica, após seis décadas de poder exclusivo dos irmãos Castro.

Segundo a imprensa estatal cubana, o resultado do escrutínio de quarta-feira será revelado hoje, a partir das 09:00 locais (14:00 de Luanda).

Desde a revolução de 1959, Cuba só conheceu uma verdadeira transição na sua liderança: em 2006, quando o líder histórico, Fidel Castro, doente, passou o testemunho ao irmão mais novo, após 40 anos de poder não-partilhado.

Fidel morreu no final de 2016 e é agora a vez de Raúl, de 86 anos, ceder o lugar a um representante da nova geração: o civil Miguel Díaz-Canel, um homem do sistema, vice-Presidente desde 2013 e que foi preparado para lhe suceder, representando há vários anos regularmente o Governo em missões no estrangeiro e cujas aparições na imprensa são cada vez mais frequentes.

Pela primeira vez em décadas, o Presidente não terá conhecido a revolução de 1959, não envergará a farda verde azeitona e não dirigirá o Partido Comunista Cubano (PCC).