Connect with us

Redes Sociais

Dom Belmiro Chissengueti pediu desculpas ao bispo Tocoísta e garante que a polêmica visa gerar rivalidades entre as lideranças religiosas

Published

on

Dom Belmiro Chissengueti, bispo de Cabinda, escreveu na noite desta terça-feira, 22, uma nota de esclarecimento sobre a divergência que se criou nas redes sociais entre o bispo da Igreja Tocoísta e o secretário geral da CEAST, tendo na ocasião pedido desculpas ao prelado da igreja fundada pelo profeta Angolano Simão Gonçalves Toco.

“Tive uma conversa telefónica com Dom Afonso Nunes, Bispo da Igreja Tocoísta. Foi uma conversa muito amena, mas ambos sentimo-nos tristes com tudo o que foi inventado a nosso respeito”, disse.

O bispo católico sem mencionar a fonte das informações, acredita que foram criadas pelos laboratórios do mal, que o prelado considera, de verdadeiros “comités de ímpios”, que tudo fazem para criar ódio, rancor e inimizade entre as pessoas e, no caso, gerar rivalidade entre as lideranças religiosas.

Dom Belmiro que lamentou o sucedido, pediu desculpas ao Bispo Tocoísta, pelos insultos sofrido.

“Diante de todos estes factos, quero apresentar as minhas mais sinceras desculpas à Dom Afonso Nunes por todos os insultos que sofreu, feitos por pessoas que, no afã de me defenderem, partiram para a agressão escrita”, disse, tendo considerado que a democracia constrói-se com o pluralismo e o respeito pelas legítimas diferenças.

“Peço, portanto, que no futuro haja maior ponderação nas análises para não ferirmos sensibilidades de pessoas que não têm culpa nenhuma”, disse.

Para o Bispo Católico, o contacto foi necessário para reiterar à Dom Afonso Nunes que não escreveu nada sobre ele, tendo igualmente Don Afonso Nunes, garantido, igualmente, que nada disse ou escreveu a meu respeito.

O religioso entende que “há uma grande vontade de manipulação da verdade nas redes sociais pelo que, apela à todos, a procurar pelo contraditório, a boa investigação das fontes antes de tomada de posição sobre determinada matéria”.

Dom Belmiro reconhece que foram escritas coisas feias, tristes, desprezíveis e vergonhosas sobre Dom Afonso Nunes desprezando as suas capacidades de abordagem.

Para os internautas o Bispo e secretário geral da CEAST deixou o recado: “eu não sou nenhuma sumidade académica nem intelectual de coisa nenhuma. Mesmo que fosse, isso não me impediria de debater com qualquer pessoa. Afinal, o normal é que quanto mais se sabe, mais se deve ser humilde”, disse.

Ao finalizar Dom Belmiro garantiu que nesta quarta-feira, 23, falará para a Rádio Tocoísta para manifestar a sua solidariedade a Dom Afonso Nunes e ajudar a repor a verdade dos factos, pois, só a verdade liberta.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *