Connect with us

Sociedade

Distrito do Benfica poderá ter ruas com nomes de artistas angolanos falecidos

António Sacuvaia

Published

on

A administração do Benfica, pertencente ao município de Talatona, pretende propor ao grupo técnico do Governo Provincial de Luanda, algumas figuras que se destacaram em vários sectores da sociedade e nomes de artistas que recentemente partiram para outra dimensão da vida, a serem nomes de algumas ruas do distrito.

Waldemar Bastos, Carlos Burity e Bangão são, entre outros nomes, avançados pela administração do referido distrito, segundo um documento a qual o Correio da Kianda teve acesso, personalidades que poderão nomear ruas e lugares, no Benfica.

No entender do administrador distrital há a necessidade de atribuir-se nomes a algumas ruas do Benfica, homenageando-se, assim, figuras que muito contribuíram para o desenvolvimento do país.

De acordo com o administrador distrital, Hélio Aragão, a sugestão da administração do Benfica para designar algumas ruas da circunscrição, como memória histórica da nossa cultura no distrito, com os nomes dos músicos Carlos Burity, Waldemar Bastos e Bangão, justifica o ‘slogan’ “Distrito Urbano Cultural”, como forma de homenagear os exímios artistas que muito fizeram para o engrandecimento e valorização da cultura angolana, dentro e fora do país.

Perdas

O músico angolano Carlos Burity morreu, aos 67 anos de idade, na madrugada desta quarta-feira, 12, em Luanda, vítima de doença, disse o director nacional da Cultura, Euclides da Lomba. O cantor, que se encontrava internado na cClínica Girassol, na capital angolana, iniciou a sua carreira no início dos anos 70, e em 1974 gravou, com o grupo Semba, uma selecção de temas angolanos que ficaram na história da música popular angolana.

Waldemar Bastos, o grande artista angolano morreu, aos 66 anos de idade, na madrugada de dia 10 deste mês, no Hospital de Oncologia de Lisboa, Portugal, vítima de cancro.

Bernardo Jorge “Bangão” faleceu, em 2015, aos 53 anos de idade, na madrugada do dia 17 de Maio, na África do Sul, vítima de doença.

Dono de uma longa e rica carreira artística, Bangão é um dos músicos mais referenciados do mercado nacional, fruto dos seus dois últimos discos “Sembele” e “Cuidado”.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (80)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (15)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2020 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD