Connect with us

Economia

Disponibilizados mais de USD três mil milhões para programa alimentar africano

Published

on

Mais de três mil milhões de dólares é o valor que o Banco Mundial vai disponibilizar para a primeira fase do programa de resiliência dos sistemas alimentares em África.

A informação foi avançada esta quinta-feira, 01, em Addis Abeba, pela comissária da União Africana para a Agricultura, Desenvolvimento Rural, Economia Azul e Ambiente Sustentável.

Josefa Correia Sack, falava durante o acto de lançamento do programa promovido pela Autoridade Intergovernamental para o Desenvolvimento da África Oriental.

O objectivo comum, segundo a diplomata angolana, é aumentar a resiliência dos sistemas alimentares da região, colocando assim todas as pessoas, incluindo as mais vulneráveis, na via de um acesso fiável a alimentos adequados, seguros e nutritivos, melhorando simultaneamente os meios de subsistência rurais e os ecossistemas saudáveis.

Josefa Sacko admitiu existirem “pontos críticos” na região, onde o problema se está a agravar a um ritmo mais rápido, assim como no Corno de África, que tem registado tumulto nos últimos anos em resultado das alterações climáticas e de conflitos localizados.

Colunistas