Connect with us

Politica

Dirigentes provinciais da OMA e JMPLA proibidos de acumular cargos de deputado e partidário

Published

on

Com o crescente aumento da crispação política na sociedade angolana como pano de fundo, o presidente do MPLA orientou esta sexta-feira, 28, a terceira Reunião Ordinária do Bureau Político do Comitê Central, no Complexo do Futungo II, em Luanda.

Um dos pontos fortes do encontro foi a orientação de que os dirigentes provinciais da OMA e da JMPLA não poderão mais acumular as funções de deputados, a fim de poderem se dedicar às actividades do partido à nível das províncias.

Fonte do Correio da Kianda avançou que a previsão é que João Lourenço faça mexidas no Secretariado do Bureau Político, num momento em que a orientação é que os militantes do partido no poder demonstrem, através de actos de Massa, o apoio ao também Presidente da República como resposta ao pedido de destituição feito pela UNITA.

A fonte que temos vindo citar arriscou dizer que pelo menos duas pessoas deixarão o Secretariado do BP, sobretudo, devido às denúncias de má gestão e “conspiração contra os interesses do maior partido angolano”.

A reunião, que decorreu às portas fechadas, terminou às 13h, e segundo fonte do Correio da Kianda, foram avaliadas as actividades desenvolvidas pelo seu Secretariado do BP durante o Iº Quadrimestre do corrente ano, para além da proposta de Política de Tecnologias de Informação e Comunicação do Partido.