Connect with us

Sociedade

Director de escola pública detido por cobrança indevida aos alunos

Published

on

Director de uma escola pública na província do Zaire foi detido, nesta segunda-feira, 09, por ter feito cobrança indevida aos alunos da instituição pela obtenção dos respectivos boletins de notas.

Trata-se de um cidadão nacional, identificado por Manuel Nvindo, subdirector pedagógico da  escola do II ciclo doutor António Agostinho Neto na Provincia do Zaire, foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), nesta segunda-feira, por suspeitas de cobrança indevidas, de valores monetários aos alunos.
Segundo o inspector da IGAE, Garcia Luvongo, que favala à imprensa, a detenção terá sido em flagrante por uma brigada composta por por inspectores da Inspecção Geral de Administração do Estado (IGAE), agentes do SIC e da Polícia da Ordem Pública, num momento em que o acusado, de 34 anos de idade cobrava de forma ilegal, 300 kwanzas por cada boletim de nota.

Os documentos em causa são referentes ao nivel de aproveitamento dos alunos daquela escola, obtidos no II trimestre do presente ano lectivo.

 “Após denúncia anónima, a brigada composta por IGAE, SIC e Polícia da Ordem Pública deslocou-se a referida escola, tendo sido encontrados na posse do acusado, 5.100 Kwanzas”, explicou a fonte.
Acrescentou que o mesmo foi encaminhado para o piquete do Serviço de Investigação Criminal (SIC), para a devida instrução processual.