Connect with us

Economia

Direcção da cooperativa do FAJE diz estar legal para um mandato de três anos

Published

on

Um comunicado chegado à redacção do Correio da Kianda, dá conta de que a Cooperativa de Crédito do Fórum Angolano de Jovens Empreendedores está legal na direcção saída do congresso, realizado em 19 de Março do corrente ano.

O referido comunicado surge “na sequência de um conjunto de mensagens com carácter difamatório e desestabilizador, que visam confundir a opinião pública em geral e perturbar a boa reputação da Coopera e dos órgãos a si associados”, razão pela qual esclarece que a mesma visou alavancar financeiramente as iniciativas dos associados do FAJE.

Informa ainda que aquela cooperativa de crédito é uma instituição independente do Fórum Angolano de Jovens Empreendedores, razão pela qual goza de autonomia patrimonial, administrativa e financeira e que a sua relação com a instituição liderada por Paulo Narciso é apenas de apoio e acompanhamento dos seus associados.

“Em observância à Legislação em vigor na República de Angola e em conformidade com os estatutos actualmente em vigor na coopera, foi realizada no pretérito dia 19 de Março de 2021 um Assembleia Geral Ordinária da Coopera, que dos vários pontos discutidos elegeu os Órgãos Sociais da Coopera para um mandato de 3 anos e que inclui o senhor Engenheiro Alberto Mendes como presidente de Direcção”, lê-se igualmente no documento datado de 14 de Junho corrente.

O comunicado destaca ainda que a Cooperativa de Crédito celebrou um contrato de cooperação com várias instituições entre as quais o próprio executivo, para a melhoria da das comunidades e dos seus associados, através do qual tem “produzido resultados muito positivo deste processo e manifestando publicamente o seu apreço e contínua disponibilidade para apoiar o governo da República de Angola na desafiadora tarefa de levar a prosperidade e bem-estar social a todos os angolanos”.

O documento termina referindo que todos os procedimentos da cooperativa de Crédito do FAJE obedecem a todas as regras e legislação a que estão sujeitos, norteados pelo principio da transparência.

Este comunicado surge dias depois de o Correio da Kianda ter noticiado uma matéria, onde alguns dos membros da actual direcção do FAJE, liderada por Paulo Narciso, acusam o presidente de direcção da Cooperativa de Crédito, Alberto Mendes, de negar ceder o poder depois de terminado o mandato da anterior direcção do Fórum Angolano de Jovens Empreendedores, equipa de que era membro Alberto Mendes.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (6)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (88)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (21)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2021 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD