Connect with us

Mundo

Dilma Rousseff vai denunciar “perseguição” contra Lula numa viagem a Espanha e EUA

Published

on

A ex-governante brasileira Dilma Rousseff, destituída em 2016, vai realizar nos próximos dias uma excursão por Espanha e Estados Unidos, onde está previsto que denuncie a “perseguição” sofrida pelo seu padrinho político, Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde sábado por corrupção.

Rousseff (2011-2016) vai oferecer na terça-feira uma conferência na Casa da América de Madrid e na quinta-feira irá participar num evento na Casa dos Advogados, em Barcelona, dias depois do ex-presidente Lula ter sido detido no Brasil, segundo confirmou hoje o Partido dos Trabalhadores (PT).

Após a sua passagem por Espanha, a ex-presidente brasileira vai viajar para os Estados Unidos e no dia 16 irá participar numa conferência na Universidade de Berkeley. Um dia depois fará-o em Stanford e no dia 18 na Universidade de San Diego.

Rousseff manifestou o seu pleno apoio a Lula durante o processo aberto contra si e acompanhou-o nas suas horas mais baixas, como fez o ex-mandatário quando ela foi destituída pelo Congresso devido a irregularidades nas contas públicas.

A ex-presidente defendeu nos últimos dias a “integridade” de Lula e denunciou uma perseguição política contra o principal líder da esquerda no Brasil, preso desde a noite de sábado na cidade de Curitiba.

 

Agencia EFE

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *