Connect with us

Mundo

“Diga aos meus filhos que os amo” foram as últimas palavras de vítima de ataque terrorista

Published

on

Simone Barreto Silva, de 44 anos, foi uma das três vítimas mortais do atacante de Nice, nesta quinta-feira, 29.

A mulher terá sido esfaqueada várias vezes por Brahim Aoussaoui e, embora tenha conseguido fugir da igreja onde o ataque aconteceu, acabou por sucumbir aos ferimentos sofridos.

A mulher, de origem brasileira, ainda foi assistida por uma equipa de paramédicos, mas acabou por morrer. Antes disso, conseguiu fazer um pedido. “Digam aos meus filhos que os amo”, terá dito Simone, que é mãe de três crianças.

Nascida em Salvador, Simone morava em França há já 30 anos. A mulher tinha nacionalidade francesa e apesar de ter formação como cozinheira trabalhava, actualmente, com idosos.

Tornou-se esta quinta-feira rosto da tragédia que voltou a assolar a França, naquele que se acredita ter sido mais um ataque terrorista no país liderado por Emmanuel Macron.

Brahim chegou a Nice pelas 6h30 de comboio, tendo-se deslocado à basílica de Notre-Dame de l’Assomption, onde terá permanecido cerca de 1h30 antes de cometer o crime, que tirou a vida a três pessoas.

O atacante foi detido pela polícia e transportado para o hospital depois de ter sido baleado durante a detenção.

Por Lusa