Connect with us

Politica

Dez mil famílias beneficiadas com inauguração de Hidroeléctrica do Luachimo

Published

on

O Aproveitamento Hidroeléctrico de Luachimo, localizado na Lunda Norte, inicia as suas operações com um novo circuito hidráulico e uma central capaz de gerar 34 megawatts, fornecendo energia eléctrica para a cidade de Dundo e áreas mineiras próximas.

Nesta sexta-feira, 17, o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, inaugurou a infra-estrutura, que passou por um processo de reabilitação e ampliação. Com a nova capacidade de fornecimento, cerca de dez mil famílias serão beneficiadas.

Segundo o comunicado daquele ministério, a barragem de Luachimo, após sete anos e três meses de obras, gerou mil postos de trabalho directos. A obra incluiu a instalação de novos equipamentos hidromecânicos e eléctricos, uma nova tomada de água com dez comportas e duas comportas vagão na transição para o canal de adução.

“Construída na década de 1950, a estrutura agora conta com um canal de adução de 240 metros cúbicos de vazão máxima, uma seção transversal trapezoidal, duas pontes de transposição, uma câmara de carga com quatro condutos hidráulicos e respectivas comportas e grades”, diz a nota.

Foi igualmene edificada uma nova subestação com um edifício e pátio contendo quatro vãos de saída e equipamentos para transmissão de até 60 quilovolts.

Durante sua visita à Lunda Norte, o ministro João Baptista Borges também presenciou a consignação e o lançamento da pedra fundamental do projecto de construção da linha de 86 quilômetros entre Dundo e Nzagi. Este projecto visa ampliar o acesso da população à energia eléctrica, melhorar as condições sociais e fomentar o desenvolvimento dos sectores agropecuário e mineiro, informa o Ministério da Energia e Águas.