Connect with us

Sociedade

Detidos funcionários que mataram cidadão na Cidade da China

Published

on

Já estão detidos os três funcionários acusados na morte de um cidadão chinês, de 64 anos, na Cidade da China, município de Viana.

Após o homicídio, os supostos trabalhadores levaram consigo 70 mil dólares norte-americanos e mais três milhões de kwanzas, que se encontravam no cofre existente no armazém.

A detenção foi avançada pelo porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, Manuel Halaiwa.

Recordar que o crime ocorreu na passada quarta-feira quando o cidadão chinês estava no armazém de fardos que se encontra na nave 3, do bloco 09, a confeccionar o almoço do dia.

Sendo que por volta das 11 horas, após o genro notar que o sogro estava a demorar a preparar a refeição, começou a ligar, mas a vítima não atendia o telemóvel. Foi nesse momento que se deslocou ao local e se deparou com o cadáver da vítima estendido no chão.