Connect with us

Sociedade

Detidos 13 cidadãos supostamente envolvidos em actos de arruaça no Lubango

Published

on

Um total de treze cidadãos, com idades compreendias entre os 18 e 28 anos, foram detidos pela Polícia Nacional, por supostamente terem participado em um motim, nesta quinta-feira, no antigo mercado “João de Almeida”, no Lubango, na Huíla, que resultou em danos graves ao património da Polícia Nacional.

A informação foi avançada pelo comandante provincial da Polícia Nacional, comissário Divaldo Martins, tendo adiantado que dois agentes da corporação ficaram feridos, vítimas de apedrejamento, uma moto de serviço foi carbonizada e um centro de vigilância móvel do CISP foi danificado.

Avançou, igualmente, que foram danificados bens do hospital do Lubango.

Segundo o comandante, “a situação está calma e a Polícia continua a trabalhar para deter outros envolvidos desta acção”.