Connect with us

Sociedade

Detido segurança escolar que aliciou e abusou sexualmente de criança

Published

on

Na província de Benguela, um cidadão de 38 anos de idade que exerce o serviço de segurança numa escola pública está a ser acusado de ter aliciado com valores monetários uma criança de sete anos de idade e abusado sexualmente dela.

A informação consta do balanço da última semana, do Instituto Nacional da Criança naquela província. Segundo o órgão, o segurança encontra-se detido.

O INAC, através do Serviço de Denúncia SOS-Criança, que atende pelo terminal telefónico 15015, registou no período de 14 a 20 de Janeiro do corrente ano, em Benguela, 57 denúncias, com destaque para três de abuso sexual, ocorridos no município de Benguela.

Outro caso registado pelo INAC, é o da prima que terá espancado brutalmente a vítima, usando um cabo eléctrico e, como se não bastasse, queimou-a em várias partes do corpo com ferro de engomar.

O caso foi encaminhado ao Serviço de Investigação Criminal, e a vítima está a ser acompanhada psicologicamente pelo INAC.