Connect with us

Politica

Detido Secretário da JURA que mobilizou mais de 300 jovens para garimpo ilegal em Cabinda

Published

on

O Secretário Municipal da JURA, braço juvenil da UNITA, na província de Cabinda, foi detido pela Polícia Nacional, no município de Buco-Zau, acusado de ter mobilizado mais de 300 jovens para a exploração ilegal de ouro na região.

A informação foi avançada pelo comandante da Polícia local, António César Tati, que explicou que os seus efectivos, em coordenação com outros órgãos de Defesa e Segurança, iniciaram, na passada sexta-feira, 01, uma “operação de limpeza” nas zonas consideradas críticas, onde se desenvolve a actividade de garimpo de ouro com grande intensidade.

De acordo com a Polícia, sequência desta atitude, um grupo composto por pelo menos 300 jovens protagonizou, na noite de sábado, actos de arruaça e vandalismo na vila de Buco-Zau, província de Cabinda, provocando a destruição de alguns bens públicos e privados”, tendo o cidadão Júlio Bumba Mueca, o mentor da actividade ilícita, insatisfeito e com o intuito de soltar os dez garimpeiros detidos, mobilizou um grupo de jovens, também garimpeiros, e criou uma barricada no bairro Cruzamento do Caio, na entrada da vila de Buco-Zau”.

Sobre o assunto, o secretário nacional da JURA, Nelito Ekuikui, disse que tomou conhecimento da situação, mas aguarda mais informações a partir de Cabinda, para tomar uma posição.

Segundo a Polícia local, a acção de vandalismo resultou na destruição de cerca de 280 armações para protecção de plantas de ornamentação e arborização da Vila, quebra de vidros na residência protocolar da administração municipal e em viaturas de cidadãos, bem como de candeeiros de iluminação de muros de residências de alguns estabelecimentos comerciais.

O grupo é ainda acusado de proferir injúrias contra figuras do Estado angolano.

Actualizada às 17h16

Continue Reading
Click to comment

0 Comments

  1. Helder Lemos

    06/12/2023 at 2:36 pm

    Em Angola não há, pelo menos um só partido limpo. São todos farinha do mesmo saco. Só estão a reclamar porque ainda não atingiram o poder!
    Depois, a música será a mesma…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas