Connect with us

Sociedade

Detido professor acusado de distribuir merenda escolar expirada no Uíge

Published

on

Um professor, de 34 anos, foi detido recentemente pelo Serviço de Investigação Criminal no Uíge, acusado de ter distribuído merenda escolar expirada aos alunos.

O professor está a ser indiciado na prática do crime adulteração de substâncias alimentares ou medicinais.

A detenção ocorreu no Liceu da vila do município de Maquela do Zombo, onde o acusado, na qualidade de responsável na distribuição de merenda escolar, procedia a entrega do produto aos alunos, cujas datas de validade encontram-se vencidas desde os meses de Janeiro e Fevereiro do corrente ano.

Durante a detenção, o SIC apreendeu, também, 96 caixas de sumo e outras dez de bolachas, com as datas de validade expiradas, que se encontravam no armazém daquela instituição escolar.