Connect with us

Sociedade

Detido jovem que matou idosa e escondeu corpo na arca no Huambo

Published

on

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) no Huambo já deteve o cidadão acusado da morte da idosa de 64 anos cujo corpo foi encontrado no interior de uma arca frigorífica, na sua residência, no bairro dos Ministros, na cidade do Huambo.

O acusado, de 17 anos, é por sinal neto da empregada doméstica que encontrou o corpo da malograda no dia 3 de Abril, já em estado avançado de decomposição.

Conforme noticiado pelo Correio da Kianda, de acordo com os vizinhos, a cidadã vivia sozinha na residência e, ao longo do dia, contava apenas com a companhia da empregada doméstica.

A informação foi avançada pelo porta-voz do SIC no Huambo, sub-inspector Abel Kangombe.

O principal suspeito confessa o crime e diz que foi à casa da vítima para cobrar uma dívida no valor de 1500 kwanzas, pelo serviço de jardinagem prestado. Na ocasião, o jovem terá disferido vários golpes na malograda e depois asfixiou-a com o cabo de uma vassoura.

Os vizinhos consternados lamentam o sucedido e clama por justiça.

Colunistas