Connect with us

Sociedade

Detido cidadão acusado de apropriar-se de dez viaturas do amigo

Published

on

Um cidadão, de 33 anos, funcionário público, foi detido pelo SIC em Luanda, por este ter se apossado de dez viaturas do seu amigo e colocado a disposição de uma empresa de táxi por aplicativo, com promessas de que renderiam dez milhões de kwanzas mensalmente.

De acordo com o porta-voz do SIC em Luanda, Fernando de Carvalho, o cidadão em causa, acusado de crime que configura abuso de confiança, era até então amigo do proprietário das viaturas de marca Suzuki Alto.

Da amizade, surgiu a ideia de sugerir ao legítimo proprietário a proposta de colocar as dez viaturas ao serviço de táxi por aplicativo, convencendo-o de que, segundo experiência, os carros renderiam 10 milhões de kwanzas mensalmente.

Convencido, sem hesitar, o proprietário das viaturas, identificado por Félix Escórcio, aceitou a proposta, e decidiu entregar as viaturas ao amigo a quem tinha confiança.  Foi então, segundo a narração dos factos, que, passado algum tempo, o proprietário decidiu cobrar os 10 milhões de kwanzas conforme acordado, mas, para o seu espanto, lhe foi informado pelo amigo, que as viaturas terão sido roubadas e que estariam na província de Malanje.

Acreditando nas palavras do amigo, o proprietário questionou que procedimentos poderiam ser feitos para reavê-las, tendo, por sua vez, assegurado o acusado, já ter constituído uma equipa operacional do SIC para o encalço, no sentido de se recuperar as viaturas, mas que para tal, o proprietário teria de desembolsar seiscentos mil kwanzas para os custos operacionais.

Acreditando na boa fé e pela ânsia de reaver os seus meios, Félix Escórcio desembolsou os valores e entregou ao amigo. Passado algum tempo, tentou contactar o acusado, e para o seu espanto, estava incontactável.

Tomado pelo desespero, fez a participação junto do SIC, que após diligências feitas, deteve o cidadão em causa e recuperou-se oito viaturas, já entregues ao proprietário.