Connect with us

Economia

Detectadas mais de 900 infracções comerciais durante quadra festiva

Published

on

A Autoridade Nacional de Inspecção Económica e Segurança Alimentar (ANIESA) detectou, no período de 15 de Dezembro de 2023 a 05 de Janeiro do ano em curso, 966 infracções, contra 215 fraudes registadas em 2022 em diversos estabelecimentos comerciais do país.

Os dados foram avançados ontem, em conferência de imprensa, pelo inspector-adjunto da ANIESA, Heleno Antunes, durante o balanço da “Operação Natal”, realizada em 10 províncias, fruto de 528 visitas inspectivas, contra 50 do ano anterior.

Heleno Antunes disse que foram apreendidos e inutilizados 19 produtos nas respectivas superfícies comerciais, por deterioração, e outros fora do prazo de validade.

Sobre as infracções identificadas, destacou casos de especulação de preços, falta de emissão de facturas de estrutura de cálculos de preços, a não apresentação de certificado de qualidade alimentar, caducidade dos produtos e a ausência de licença da actividade comercial.

De acordo com o responsável, a Operação Natal foi realizada nas 18 províncias, mas apenas dez dispuseram dados, nomeadamente Luanda, Benguela, Bengo, Cuando Cubango, Huíla, Malanje, Cabinda, Cuanza-Norte, Zaire e Cunene, sem no entanto explicar as razões que estiveram na base da falta de dados das restantes.