Connect with us

Economia

Dessalinização no Mussulo produz 200 litros de água por dia

Published

on

Duzentos mil litros de água potável é a média de produção diária, do projecto-piloto de dessalinização por destilação solar, implementado, há seis meses, no bairro do Buraco na comuna do Mussulo, em Luanda.

O coordenador do projecto e consultor do ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, António Chivanga Barros, que falava durante a visita de constatação, realizada neste domingo, disse que a conversão de água salgada para potável, com qualidade para consumo humano, é feita a partir de quatro tanques construídos horizontalmente, num projecto orçado em seis milhões de kwanzas.

Numa primeira fase, a qualidade da água está avaliada no nível de PH9, com atendimento de 200 pessoas e previsão de aumentar o número diário de atendidos.

Segundo a Agência Angola Press, para aumentar a caacidade, prevê-se construir, nos próximos meses, 30 projectos do género em toda península do Mussulo.

O projecto de dessalinização por destilação solar é de iniciativa de um grupo de jovens engenheiros recém- formados nas universidades Agostinho Neto, Católica e ISPTEC, conta com o apoio dos ministérios da Energia e Águas, Cultura, Turismo  Ambiente e da Economia.

Para aquisição de água potável a população gasta 60 mil kwanzas por uma cisterna de dez mil litros, enquanto um recipiente de 20 litros tem os  preços estipulados entre 200 a 300 kwanzas.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.