Connect with us

Educação Financeira

Desporto é um dos factores mais impactantes na vida das crianças

Published

on

É pai ou é mãe? Como encarregado(a) de educação quero que saiba que o desporto para as crianças é um dos factores mais impactantes na vida dos nossos petizes.

As nossas crianças precisam de “gastar” a energia que têm e uma das vias é pela prática de desporto. Já pensou seriamente em colocar os seus filhos/as suas filhas em fazer desporto individual ou de equipa, tipo:

– Desportos individuais: ballet, dança em geral, desportos de defesa pessoal: judo, karaté, jiu jitsu, ténis de mesa, natação, esgrima, etc;
– Desportos colectivos: futebol, basquetebol, andebol, futebol de praia, voleibol, hóquei em patins, etc;
– Ainda pode enveredar pelas Artes: teatro e outras.

Há preços para todos os gostos e carteiras, desde uns mil kwanzas até dezenas de milhares de kwanzas por mês. O fundamental é saber o perfil que as suas crianças têm e a disponibilidade de tempo e de dinheiro.

Tenha em conta as questões de segurança do espaço, dos custos com uniformes e ferramentas, caso o desporto o exija. Não descure, por favor, as questões de segurança passiva e activa.

Esteja presente nos eventos festivos e de apresentações formais. São muitas horas de ensaios e as crianças vibram pela presença dos pais. São eventos marcantes para as crianças e para os pais que vivem a paternidade e a maternidade à séria…

Esteja, pai e mãe, preparados para a intenção. vontade dos pequenos para saírem do que estão a fazer e quererem mudar para outro desporto/actividade. Fale bem com eles/elas e antes de “ir a correr” para aceitar essas mudanças, analise bem os prós e contras. As crianças e nós já fomos crianças, têm este tipo de atitudes, que tem a ver com a necessidade de conhecer o mundo… Pais, sejam ponderados!

Analisem o desempenho escolar com as actividades extra-curriculares. A escola é um assunto primário. Jamais pode a escola ficar para trás em prole das actividades fora de aulas.

Por outro lado, as crianças precisam brincar. Precisam ser crianças. Muitas actividades e horas dedicadas a actividades fora da escola podem ter mais razões para preocupação do que ter benefícios para as crianças. Não devamos tornar as crianças em adultos com excesso de responsabilidades. Por favor, não permita que as suas crianças fiquem “estacionadas” nos telemóveis e/ou tablets. As crianças devem socializar.

Valorizemos as crianças e vamos dar oportunidade às crianças para adquirir novas competências! As crianças são elas do Reino dos Céus e quem nos seguem na história da vida.