Connect with us

Politica

Desabafo de Pedro Lussati no Tribunal pode tirar sono de muitos

Published

on

Depois de ter afirmado, quando estava a ser interrogado, no dia 24 de Agosto do ano em curso, que tem “muitas coisas para contar”, diante do juíz, Pedro Lussati falou hoje, 24 de Outubro, sobre as acusações em que está envolvido, e alega que os bens apreendidos “são de pessoas muito poderosas, que têm vergonha de assumir as responsabilidades”.

Ao decorrer da audiência, o acusado assumiu ser o dono do dinheiro encontrado nas caixas da série 2021 dentro do seu apartamento e que tinha feito levantamento através de suas empresas, num banco comercial.

Pedro Lussati garante que não tem nenhuma ligação com a Casa da Segurança do Presidente da República e conta que está a carregar uma “cruz” que não devia. Lamentou também pela exposição que a Televisão Pública de Angola (TPA) fez-lhe passar e garante não conhecer o jornalista Cabingano Manuel, que foi o responsável da reportagem conhecida pela sociedade angolana.

O major apela ao jornalista Cabingano para se “retratar”, pelo facto de mostrar muitas inverdades, e sublinha que o mesmo foi usado para esta matéria.

Aproveitou o momento para sugerir ao tribunal para abrir um outro processo, onde poderá explicar a origem dos seus bens, e que não juntassem com a Casa da Segurança do PR. Pediu também ao juíz que lhe absolvesse, caso não houver provas contra ele.

Recorde que Pedro Lussati foi detido na “Operação Caranguejo”, em Maio de 2021, supostamente na posse de milhões de dólares e euros. Na ocasião, foram ainda apreendidos vários imóveis de luxo. O major “milionário” e outros 48 arguidos são acusados de crimes de peculato, associação criminosa, recebimento indevido de vantagens, participação económica em negócios e abuso de poder e também de fraude no transporte ou transferência de moeda para o exterior do País, comércio ilegal de moeda, falsificação de documentos, branqueamento de capitais e de falsa identidade.

Continue Reading
4 Comments

4 Comments

  1. Loozap

    24/10/2022 at 7:11 pm

    Há algo para explodir e se expressar de uma maneira particular

    • Rafael Fernando

      25/10/2022 at 7:47 am

      ainda vai correr muita água debaixo dessa ponte

  2. Lenganji

    25/10/2022 at 8:55 am

    com estas revelacoes, ele afirma que existe perdonalidades de grande calibre por tras deste monstrouso crime de assalto aos cofres do estado .
    A pergunta e : Como o mpla se julga ter ganho as eleicoes com este somatorio de provas de CORRUPCAO VAMPIROLOGICA BABILONICA ? o mpla e um bando de VAMPIROS CORRUPTOS , que contaminaram a sociedade com com esta INFECAO VIRULENTA .Sao ladroes e Lamboes .

  3. Pingback: Justiça: sentença do major Lussati marcada para 10 de Novembro - Correio da Kianda - Notícias de Angola

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *