Connect with us

Politica

Deputados do MPLA consolidam valores éticos e jurídicos

Published

on

O secretário-geral do MPLA, António Paulo Kassoma, orientou aos deputados do seu partido para aprofundarem e consolidarem a compreensão e princípios dos valores éticos, morais e jurídicos, que permitem destrinçar e ponderar com fundamento os problemas sociais de forma coerente e realista, na defesa dos interesses dos cidadãos e do partido.

Intervindo na cidade de Ondjiva (Cunene), durante as jornadas do Grupo Parlamentar do MPLA, Paulo Kassoma destacou o papel do grupo como um veículo de responsabilidade política e social que concorre para as soluções dos problemas do povo angolano.

Para tal, considera necessário que os deputados estejam suficientemente formados, para que o eleitor se sinta representado e ganha a empatia do cidadão e da sociedade.

“O conceito de posicionamento estratégico e da tomada de decisões no plano operativo, requer dos órgãos de direcção do partido e das suas estruturas uma capacidade apurada de adaptação as dinâmicas próprias das mudanças sociais, políticas e económicas”, realçou.

Relativamente as jornadas, Paulo Kassoma disse que têm a finalidade de capacitar e elevar o potencial dos deputados, no que se refere a sua atitude e intervenção nos processos decisórios da Assembleia Nacional e no seu alinhamento consciente e responsável ao programa e princípios orientadores do partido.

O político fundamentou a escolha do Cunene para albergar as jornadas, como um “agradecimento e homenagem” ao eleitorado local pelo contributo prestado no pleito de 2017, onde o MPLA conquistou cinco lugares.

Os deputados abordam o plano de actividades do partido e respectiva agenda política de 2018, a Constituição, o Regimento da Assembleia Nacional, o Estatuto do Deputado, o Código de Ética e Decoro Parlamentar, Estatuto do Partido e a Lei do Repatriamento dos Recursos Financeiros retidos no exterior do país.

Na ocasião, o segundo secretário provincial do MPLA no Cunene, Elias Satyoamba, falou dos casos de furto e roubo de gado, frequentes na região Sul de Angola, incentivando a possibilidade de criação de uma lei específica, para desencorajar tais práticas.

Elias Satyoamba pediu aos órgãos centrais do MPLA para prestarem maior apoio à província que, nos últimos 10 anos, debate-se com problemas de seca e cheias.

Pediu ainda a reabilitação das estradas secundárias e terciárias, a ligação rodoviária com Cuando Cubango (via Ondjiva/Caiondo).

As jornadas decorrem de 25 de Fevereiro a 1 de Março do corrente ano, sob o lema “os deputados do MPLA e o seu posicionamento na Assembleia e na sociedade.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *