Connect with us

Politica

Demitido jornalista Huilano que veio a conferência de imprensa com o Presidente

Published

on

O jornalista António Manuel da rádio comercial 2000 que representou a mesma estação radiofónica na entrevista colectiva com o presidente da República João Lourenço, e falou sobre a situação social precária da cidade do Lubango e disse que ganha 25 mil kuzanzas, foi hoje despedido.

Segundo a nossa fonte, a razão do despedimento prende-se com o facto de o mesmo não ter sido mandatado e credenciado pela Rádio. Foi por iniciativa própria, iniciativa essa que não foi bem dirigida pelo director da emissora em referência. Alem de a decisão ter causado mau estar ao director, ainda há quem diga que esta decisão terá sido motivada pelo Governador provincial.
De lembrar que o Tony já tinha sido colaborador da Rádio Huíla, depois de ter reprovado algumas decisões do Governador, foi expulso.

Vale salientar que o Tony foi o único que conseguiu a seu pedido público colocar duas perguntas ao PR e as mesma prenderam-se com o baixo salário (20.000) dos profissionais das primeiras rádios privadas a operarem em Angola como são os casos das Rádios 2000 na Huila, Morena em Benguela e Comercial em Cabinda… a segunda apelou sobre o mau estado das estradas na cidade sede da província da Huila e arredores.

Colunistas