Connect with us

Sociedade

Delimitação de bairro no Benfica indigna moradores

Published

on

A delimitação geográfica do bairro Partido, Benfica, em Luanda, agora repartido em seis circunscrições, tem arrastado a Comissão de Moradores e a administração local do município de Talatona há um braço de ferro que dura há três anos.

A situação foi levada ao conhecimento da quarta Comissão de Trabalho Especializada da Assembleia Nacional, com os moradores a solicitarem a anulação do mapa cadastral, segundo o Parlamento, “por considerarem que este contém dados erróneos sobre os bairros que integram o Distrito Urbano do Benfica”.

“Sendo um único Bairro, não pode ser repartido em seis”, disse, o Assessor da Comissão de Moradores, Adriano Kayunduma.

Em resposta, o vice-presidente da 4ªCTE, Paulo de Carvalho, avançou que a matéria é de competência exclusiva dos órgãos do Executivo e da Administração Local. Entretanto, “os deputados irão advogar junto da Presidente da Assembleia Nacional, Carolina Cerqueira, no sentido de encaminhar o dossiê aos órgãos competentes, como o Ministério da Administração do Território e o Governo da Província de Luanda, para se encontrar uma solução e dar melhor tratamento a situação, que perdura desde 2020”.