Connect with us

Sociedade

Cunene proíbe comercialização de carne de porco proveniente da Huíla

Published

on

Para evitar casos de Peste Suína Africana, as autoridades na província do Cunene proibiram a comercialização de carne de porco e seus derivados, bem como a entrada de animais desta espécie provenientes da província da Huíla.

De acordo com o chefe de Departamento dos Serviços de Veterinária no Cunene, Cláudio Simão, foram criados controlos de fiscalização na Cahama e no Xangongo, onde os órgãos de Defesa e Segurança inspeccionam as viaturas de transporte de animais, para evitar a disseminação da doença.

Cláudio Simão acrescenta, por outro lado, que as autoridades estão a mobilizar os criadores de gado no Cunene no sentido de redobrarem as medidas de biossegurança, higiene e sanidade nas zonas de exploração.

Peste suína: proibida venda de carne de porco no Bengo