Connect with us

Sociedade

Cunene: praga de gafanhotos devasta mais de 560 lavras

António Cassoma

Published

on

Mais de 560 lavras foram devastadas pela praga de gafanhotos no Cunene, soube o Correio da Kianda, através de denúncias feitas por moradores daquela província.

Pelo menos 566 lavras de cultura de massango, massambala e milho em algumas localidades dos municípios de Namacunde, Cuanhama e Ombadja, na província do Cunene, foram devastadas pela praga de gafanhotos que assola a região há quase duas semanas.

O Governo deu início, na semana passada, ao processo de combate à praga de gafanhotos que afectou também a província do Cuando Cubango.

De recordar que a nova onda de gafanhotos do deserto ameaça a segurança alimentar na África Austral. Os gafanhotos já  destruíram plantações e pastagens em Botswana, Namíbia, Zâmbia e Zimbábue.

A Organização da ONU para Alimentação e Agricultura – FAO lançou um plano de resposta de emergência e pede acção imediata para combater riscos nestes países que ainda se recuperam da seca de 2019 e lidam com as consequências da pandemia de covid-19.

Por outro lado, a FAO alerta ainda que nuvens de gafanhotos migratórios estão ameaçando a segurança alimentar de milhões de pessoas, podendo comer num dia alimentos suficientes para 2.500 pessoas.

Em actualização …

Governo cria grupo de trabalho para combater praga de gafanhotos – Correio da Kianda – Notícias de Angola (correiokianda.info)

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (24)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (86)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (19)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2021 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD