Connect with us

Economia

Cuanza Sul: operadoras de transporte público devem mais de Kz 40 milhões ao Estado

Published

on

Mais de 40 milhões de kwanzas é o valor que as operadoras de transportes públicos devem ao Estado na província do Cuanza Sul.

Os valores atribuídos pelo Estado, às empresas de transportes no Cuanza Sul, datam do período entre 2019 a 2024 e é referente a 90 prestações para o pagamento de 51 autocarros.

Segundo o gabinete local dos transportes, tráfego e mobilidade urbana, as prestações mensais estão fixadas em 461 mil kwanzas, para um período de 10 anos, custando cada autocarro Kz 58 milhões.

Recentemente, realizou-se um encontro de concertação sobre a actividade do sector dos transportes públicos na província, tendo em vista a regularização da situação, durante o qual os operadores foram incitados a cumprir as regras e obrigações relativas a este serviço.

Recordar que o vice-governador para o sector Político e Social na província de Cabinda Miguel de Oliveira, disse recentemente que os operadores de transportes públicos, na província de Cabinda, devem ao Estado cerca de 300 milhões kwanzas. Na base está o incumprimento do pagamento das parcelas mensais para a compra dos autocarros.

De acordo com o vice-governador provincial o não cumprimento das cláusulas contratuais, por parte de algumas operadoras, obrigou o governo a reter os autocarros.