Connect with us

Sociedade

Cuanza Norte: moradores denunciam lutas de gangues nos bairros do Camongo e Valódia

Published

on

Há já algum tempo que são constantes as lutas de gangues rivais nos bairros periféricos da cidade de Ndalatando, o que está a tirar sono aos moradores das duas localidades do Cuanza Norte.

Catanas, machados, martelos, serrotes e garrafas, são alguns dos objectos que são usados pelos grupos nas lutas de “trocas de mimos”.

Quando os grupos estão em desavenças pelas ruas em que passam não poupam idosos, nem criança. Por isso, alguns jovens destes bairros, as vezes optam por proteger os mais vulneráveis, sobretudo as idosas.

Os membros das gangues dos dois bairros, de acordo com os denunciantes, geralmente agem sob efeito de drogas.

O cidadão Moisés Adão Cassumbe, morador do bairro há mais de 30 anos, afirmou que há dois meses foi vítima de uma dessas rixas de gangues, tendo perdido todos os pertences com que se fazia acompanhar, estando o caso a ser tratado pelas autoridades policiais.