Connect with us

Sociedade

Cuando Cubango tem apenas 9 advogados

Published

on

A província do Cuando Cubango, a maior de Angola com 199 mil e 49 quilómetros quadrados, tem apenas nove advogados com cédula profissional e 15 advogados estagiários, para uma população estimada em mais de 600 mil habitantes.
A revelação é da representante da Ordem dos Advogados de Angola (OAA) na província, Helena Chimena.
A advogada deu esses dados, nesse sábado, quando interveio na reunião que o venerando juiz conselheiro presidente do Tribunal Supremo e do Conselho Superior da Magistratura Judicial, Rui Constantino da Cruz Ferreira, manteve com os operadores da administração da Justiça no salão nobre do governo local.

Segundo a representante da OAA, o trabalho dos advogados na província tem sido difícil devido o baixo nível de cultura jurídica da população.

Os processos que mais têm preocupado os advogados na região os de querela e correccional, bem como as reclamações vindas da população,concernentes às cauções exigidas, que muitas das vezes são exorbitantes.

Disse que os advogados carecem de uma sala junto da Procuradoria Geral da República (PGR), dos Serviços de Investigação Criminal (SIC), bem como junto dos serviços prisionais.

Em declarações à imprensa, no final da reunião, o procurador junto do SIC, Vicente Pedro, disse que a reunião foi oportuna, visto que foram esclarecidas várias situações que o ministério da justiça tem enfrentado na província.

Realçou que maioria dos processos têm a ver com crimes contra as pessoas, bem como contra a propriedade, caracterizados em homicídios, ofensas corporais voluntárias, roubos e furtos.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *