Connect with us

Desporto

Cristiano Ronaldo rebate ministro italiano: “cumpri os protocolos”

Em live nesta sexta-feira, Cristiano Ronaldo garante que respeitou regras de saúde. Ministro do Desporto havia o acusado de violar normas anti-Covid

Redação

Published

on

A tensão envolvendo o diagnóstico positivo para coronavírus de Cristiano Ronaldo ganha um novo episódio. Na tarde de quinta-feira, 15, o ministro do Desporto da Itália, Vincenzo Spadafora, disse à Rádio Uno que o atleta havia violado o protocolo anti-covid por deixar o isolamento da Juventus e viajar com a selecção portuguesa.

A atitude, inclusive, foi denunciada ao Ministério Público de Turim, pela ASL (órgão responsável pelo controlo de saúde). Em live nesta sexta-feira, 16, o também capitão da selecção portuguesa de futebol rebateu a declaração.

“Eu e a minha equipa tivemos a responsabilidade de fazer as coisas bem na saída da selecção, na entrada do avião-ambulância, nas ambulâncias. Tudo com autorizações. Tudo o que estão falando é mentira, principalmente um senhor, que eu não vou dizer o nome, aqui da Itália, que diz que não segue o protocolo. Isso é simplesmente mentira. Eu cumpri com todos os protocolos e sempre cumprirei”, disse em seu Instagram.

Após a declaração do craque da Juventus, Spadafora voltou a se pronunciar, agora por meio de um comunicado enviado à Ansa (uma das principais agências de notícias italianas). Dessa vez, o ministro não citou o nome do jogador ao falar sobre o caso.

“A notoriedade e habilidade de certos jogadores não os autorizam a ser arrogantes, desrespeitosos às instituições e a mentir. Aliás, quanto mais se conhece, mais se deve sentir a responsabilidade de pensar antes de falar e de dar um bom exemplo. Não tenho intenção de continuar neste assunto. Confirmo o que disse ontem a respeito do abandono do hotel por alguns jogadores da Juventus, me baseando nas comunicações do clube à ASL de Turim. Não vou intervir sobre o assunto e renovo os meus votos de uma rápida recuperação para todos.

Cristiano Ronaldo foi um dos atletas a deixar a concentração da Juventus, no dia 4 de Outubro para poder se apresentar à selecção portuguesa. Dois funcionários do clube italiano testaram positivo para a covid-19 naltura. O recomendando era que o elenco ficasse isolado em uma bolha no CT da equipe, como exigem as autoridades locais. Porém, CR7, Danilo, Bentancur, Dybala e Cuadrado deixaram o local e viajaram para jogar com as suas selecções.

C/GlobEsporte

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (77)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (15)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2020 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD