Connect with us

Sociedade

Creche dos Cajueiros diz que vacinação é apenas para crianças pobres

Published

on

A coordenadora Provincial de Luanda do Programa Nacional de Vacinação, Felismina Neto, denunciou hoje que uma creche localizada no Condomínio dos Cajueiros, rejeitou a acção de vacinação, alegando que a mesma é destinada apenas a população pobre. 

Em declarações a Luanda Antena Comercial, Felismina Neto, diz que já notificou a direcção municipal de saúde de Talatona, para averiguar os factos junto da referida creche. A coordenadora Provincial de Luanda do Programa Nacional de Vacinação, revela ainda, que o acto de rejeição da acção de vacinação as crianças da creche no condomínio dos Cajueiros, deve-se principalmente a atitude preconceituosa de uma médica pediatra que assiste as crianças da referida Creche, que terá orientado a direcção a impedir o trabalho das imunizadoras. 

A chefe provincial de imunização disse que nesta campanha serão vacinadas um milhão e 300 mil crianças contra a pólio dos zero aos menores de cinco anos, enquanto para o sarampo e rubéola serão três milhões e cem mil crianças dos nove meses aos 14 anos de idade.

a campanha de vacinação contra a pólio, sarampo e rubéola realizada no Centro Infantil Tuzila, a decorrer desde segunda-feira última até ao próximo dia 22 de Abril.