Connect with us

Politica

Covid-19: realização de actos de massa leva Comissão Multissectorial a convocar partidos políticos

Published

on

Os partidos políticos com assento parlamentar, MPLA, UNITA, CASA-CE, PRS e FNLA, foram convocados para uma reunião de trabalhos amanhã, com a Comissão Interministerial de Combate à Covid-19.

Em causa estão as actividades de massa que essas forças políticas têm estado a realizar um pouco pelo país, em desobediência às regras impostas através do Decreto Presidencial que proíbe os ajuntamentos e orienta o cumprimento das medidas de biossegurança contra a pandemia da covid-19.

Segundo o comunicado chegado a instantes à redacção do Correio da Kianda, a referida reunião de trabalho, “afigura-se necessária, em nome do interesse público” e será na sala de reuniões da referida comissão, no edifício CIF-LUANDA ONE, às 16 horas, em Luanda.

A convocatória da Comissão Multissectorial para a Prevenção da Covid-19 considera que as actividades de massa que os partidos realizam “no essencial, colocam em causa o cumprimento das regras de biossegurança definidas no Decreto Presidencial nº 150/21 de 8 de Junho violando assim o Artigo 23”.

Lembrar que no último sábado, o partido MPLA realizou um acto de massas no Largo das Escolas, tendo, para o efeito, o Governo Provincial de Luanda encerrado o espaço, onde inclusive param as operadoras de transportes públicos em Luanda. Na Província de Benguela, o partido no poder realizou também um acto de massas, encabeçado pelo seu primeiro secretário provincial e governador, Luís Nunes.

A UNITA, maior partido na oposição, transformou, há cerca de oito dias, em acto de massas, o funeral de cinco de seus militantes da província de Benguela, que perderam a vida num acidente de viação, quando se dirigiam ao município da Ganda para uma actividade política, orientada pelo secretário provincial do partido dos maninhos em Benguela, Adriano Sapiñala.