Connect with us

Bastidores

Covid-19: Médicos cubanos colocados em quarentena institucional em Hotel em Luanda

Published

on

Depois de uma das médicas Cubanas que faz parte do contingente chegado ao país no dia 10 deste mês, para apoiar os esforços da prevenção e combate à covid-19, ter testado positivo com o novo coronavírus, fontes do Correio da Kianda avançam, que a Comissão Multisectorial do Combate a prevencão a Covid-19, suspendeu, após uma reunião de emergência, o envio do contigente médico proveniente de Cuba ao interior do País.

Por questões de segurança, as autoridades decidiram colocar de forma “obrigatória” todos os médicos provenietes de Cuba em quarentena institucional, num dos hotéis de três estrelas, pertecente a rede de Hoteis IU, em Luanda.

Alguns, que ja se encontravam a trabalhar, avança a fonte deste Jornal, foram todos recolhidos nesta quarta-feira, e colocados em quarentena institucional.

Recorde-se que, os quartos, foram disponibilizados depois da rede de hotéis ter recusado colocar em quarentena cidadãos vindos de Lisboa, Portugal, localizados em três edifícios vagos e isolados, em Viana e Cacuaco. Na altura, o presidente do Conselho de Administração do grupo, Carlos Manuel de São Vicente, em nota de imprensa, apresentou desculpas pelos “transtorno causado” pela não disponibilidade imediata dos quartos para alojar as pessoas de quarentena do Covid-19,

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *