Connect with us

Sociedade

Covid-19: Governo quer testar mil jornalistas

Redação

Published

on

Após passar a fase da testagem em grandes aglomerados populacionais, chegou à fase de analisar amostras de grupos específicos, com a testagem de mil jornalistas e outros profissionais de comunicação social, informou neste domingo, 12, o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

No habitual ponto de actualização, o secretário informou que a Comissão Multisectorial de Resposta a Covid-19 vai fixar um posto para testagem dos profissionais no campo adjacente à sede da Rádio Nacional de Angola (RNA), no período matinal.

Em três dias, a campanha massiva abrangeu 10.186 pessoas, entre vendedores e moradores dos mercados de Luanda, designadamente Catinton (Maianga), 30 (Viana), Kikolo (Cacuaco) e ASA Branca (Cazenga), e no bairro Mártires do Kifangondo, bem como no município do Cazengo, província do  Cuanza Norte.

De acordo com o secretário Franco Mufinda, dos testes, apenas 57 amostras, que representam 0.8 por cento, têm a expressão na fase activa ou transitória de exposição à Covid-19, pelo que estão a ser reconfirmados com teste de biologia molecular.

Enquanto se aguardam os resultados definitivos, “esses sujeitos foram postos ao isolamento a um dos nossos centros para confirmar ou até infirmar a exposição à Covid-19, através do teste de biologia molecular”, disse.

A pandemia provocada pelo novo coronavírus já causou pelo menos 566.075 mortos em todo o mundo, com mais 4.442 óbitos, e infectou 12,79 milhões, desde Dezembro, de acordo com o balanço da AFP divulgado ontem,  às 19h GMT.

Covid-19 em Angola

506 infectados
26 óbitos
118 recuperados
362 activos

Com Angop

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (74)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (14)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania