Connect with us

Politica

“Corrupção no país ficou mais sofisticada e está mais camuflada” – Chivukuvuku

Published

on

O projecto político PRA-JA Servir Angola deu início esta sexta-feira, 23, em Viana, a primeira reunião da comissão directiva provisória-2024. O evento, que decorre até sábado, tem como lema “Legalizar, reestruturar e crescer para servir Angola”.

Na ocasião, o Coordenador Geral do PRA-JA, Abel Chivukuvuku, falando sobre a situação económica do país, afirmou que a má governação é sistemática, e a corrupção “ficou mais sofisticada” e está mais camuflada.

O político mostrou-se confiante na legalização do seu projeto político em 2024, salientando que há outros caminhos além do Tribunal Constitucional.

Por sua, o presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, disse, durante a abertura da primeira reunião ordinária da comissão directiva provisória do PRA-JA Servir Angola, que “quem tem o sonho do terceiro mandato para a Presidência do País vai dormir solteiro”.

O líder da UNITA defendeu, por outro lado, a necessidade de reformas profundas à Constituição da República de Angola que, segundo aponta, “contém várias irregularidades”.

O político lamenta, por outro lado, o facto de que “nenhum líder de um partido político da oposição tenha sido convidado a fazer comentário nos órgãos públicos de Angola desde 2018”.